IBM faz acordos para oferta de PCs sem sistema da Microsoft

terça-feira, 4 de março de 2008 10:59 BRT
 

HANOVER, Alemanha (Reuters) - A IBM firmou parceria na Áustria e Polônia para oferta de computadores sem sistemas Microsoft para o mercado do Leste Europeu, afirmou a IBM em comunicado nesta terça-feira.

A IBM informou que está oferecendo computadores com o sistema operacional de código aberto Linux juntamente com a distribuidora austríaca de software VDEL, da Red Hat, e a distribuidora de software e serviços LX Polska, da Polônia, em resposta à demanda dos executivos de tecnologia da informação da Rússia.

Os computadores serão equipados também com o software Lotus Symphony, da IBM, baseado em Open Document Format, um formato concorrente do Open XML da Microsoft, que a empresa de Bill Gates tenta fazer com que seja adotado como um padrão ISO aprovado internacionalmente.

A IBM, que vendeu sua unidade de PCs para a chinesa Lenovo, afirmou que o hardware seria fabricado por parceiros da VDEL e LX Polska.

Na Rússia, onde muitas grandes empresas e agências governamentais de serviços públicos estão montando sistemas de computadores pela primeira vez, está surgindo uma disputa entre a Microsoft e seus rivais, que oferecem alternativas de código livre.

A Microsoft faz campanhas educacionais de tecnologia na Rússia e no mês passado assinou um acordo com a MTS, maior operadora de telefonia móvel do país, para oferta de serviços e laptops de custo menor equipados com o sistema operacional Windows Vista para pequenas empresas.

A IBM afirmou que a linha de computadores com Linux que irá oferecer em parceria com a VDEL e LX Polska, chamada de Open Referent, irá reduzir pela metade os custos dos compradores com computador.

A gigante norte-americana afirmou que executivos de tecnologia da informação de organizações russas, incluindo o Ministério da Defesa, a companhia aérea Aeroflot e o banco privado Alfa Bank estão na lista de entidades que pediram PCs com sistema operacional livre.