Produtoras de games e Hollywood querem horário nobre virtual

quinta-feira, 4 de setembro de 2008 11:02 BRT
 

Por John Gaudiosi

RALEIGH, Estados Unidos (Reuters) - Os gravadores digitais de vídeo eliminaram o conceito de horário nobre para milhões de adeptos do videogame nos Estados Unidos. Agora, as produtoras de jogos eletrônicos estão oferecendo histórias interativas de televisão que estão criando um horário nobre virtual.

A Microsoft quer que os usuários do Xbox 360 se reúnam em torno dos televisores a cada noite, mas para jogar versões interativas de títulos como "1 vs. 100", da Endemol, no Xbox Live.

A PlayStation Network, Xbox Live e Wii24 Connect estão abrindo novas oportunidades para que os estúdios de TV prolonguem a vida de seus programas nos meses de hiato na programação.

"Houve uma mudança imensa no processo de colaboração entre os estúdios de TV de Hollywood e os criadores de videogames ao longo dos anos e a abordagem agora é muito integrada", disse Mark Morrison, diretor de licenciamento da Ubisoft, que traduziu seriados como "Lost", "CSI" e "CSI Miami" para a forma do videogame, nos Estados Unidos.

"Muitos estúdios de TV deixaram de ver os videogames como um simples produto licenciado. Eles agora são encarados como irmãos de uma série de TV que permitem aos usuários mergulhar mais fundo no universo de seus personagens favoritos", disse Morrison.

Jordan Blackman, produtor do jogo "CSI; NY", que sai no final do ano para o Xbox 360 e computador, disse que nos últimos seis anos veio a descobrir que os jogadores de "CSI" não se enquadram ao perfil tradicional dos adeptos do videogame. Ele trabalhou com Anthony Zuiker, o criador de "CSI", nesse novo título.

"São títulos jogados tanto por mulheres quanto por homens, e bem distribuídos entre as diferentes faixas etárias", disse Blackman.

A Ubisoft também está desenvolvendo um novo jogo para 2009 que toma por base "Heroes", seriado de sucesso da rede de TV NBC. Morrison diz que o argumento de "Heroes", sua narrativa cativante e os ricos personagens o tornam um título maduro para transformação em videogame.