AMD lança chipsets gráficos integrados

terça-feira, 4 de março de 2008 15:36 BRT
 

SAN FRANCISCO/HANOVER (Reuters) - A AMD lançou nesta terça-feira uma coleção de chips que darão melhores capacidades gráficas para motherboards, as placas que conectam entre as diferentes partes de um computador.

As novas unidades de processamento gráfico, chamadas de AMD 780 series, foram criadas com o propósito de ganhar mais espaço no mercado de chipsets gráficos integrados, oferecendo melhorias para uso de jogos e reprodução de vídeos em alta definição em computadores comuns, tudo a um preço razoável.

Anteriormente, para tal desempenho, era preciso inserir uma placa gráfica dedicada na placa-mãe, esta que por sua vez vem geralmente com gráficos integrados, que não geram gráfico mais complexos.

Os chips gráficos da série AMD 780 podem ser conectados com processadores AMD dual-core e quad-core em placas-mãe feitas por fabricantes como a Asus e Gigabyte.

A AMD espera que as placas-mãe com chipset AMS custem de 80 a 120 dólares, menos que as placas-mãe usando gráficos integrados da concorrente Intel .

A expectativa é de que os computadores com chipset AMD 780 cheguem ao mercado no início do segundo semestre deste ano, segundo a AMD.

A empresa revelou estas novas informações durante a CeBIT, maior feira de tecnologia de Europa.

Separadamente, a AMD afirmou que dava continuidade a sua tecnologia de fabricação de chips de 45 nanômetros e que processadores feitos com essa tecnologia estarão em volume de produção no segundo semestre deste ano.

Bill En, gerente da AMD em Sunnyvale, California, sede da AMD, afirmou que amostras de seus produtos de 45 nanômetros já estão disponíveis.   Continuação...