Estudo com celular afirma que ser humano é criatura de hábitos

quinta-feira, 5 de junho de 2008 14:12 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - Pesquisadores que rastrearam 100 mil pessoas usando os sinais de seus telefones celulares confirmaram na quarta-feira que a maioria dos seres humanos são criaturas de hábito.

A maior parte de nós vai ao trabalho, escola e volta para casa em padrões surpreendentemente previsíveis, algo que os pesquisadores afirmaram ser útil no planejamento urbano e preparação para emergências.

"Apesar da diversidade de sua história de viagens, os humanos seguem simples padrões reproduzíveis", apontou Albert-Laszlo Barabasi e colegas da Northeastern University, em Boston, em relatório publicado no jornal Nature.

"Essa similaridade inerente nos padrões de viagens pode impactar todos os fenômenos direcionados pela mobilidade humana, desde prevenção de epidemias até respostas emergenciais, planejamento urbano e modelagem com base em agentes", acrescentou.

Os pesquisadores usaram dados coletados por uma operadora de telefonia móvel na Europa para fins operacionais e contábeis. "Ele contém a data, hora e coordenadas da torre telefônica assinalando a comunicação de cada chamada telefônica e mensagem de texto enviada ou recebida por 6 milhões de clientes", escreveram.

O estudo foi feito com 100 mil desses usuários, que se mantém anônimos.