Mexicana Telmex vai propor cisão de negócios internacionais

quarta-feira, 5 de dezembro de 2007 16:37 BRST
 

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - A Telmex, maior empresa de telecomunicações do México, informou nesta quarta-feira que irá propor a seus acionistas no próximo dia 21 um plano anunciado em novembro para dividir seus negócios internacionais e reorganizar sua estrutura local.

A Telmex, propriedade do magnata mexicano Carlos Slim, disse em comunicado enviado à Bolsa de Valores do México que apresentará a proposta a seus acionistas em uma assembléia extraordinária.

A empresa tem dito que quer separar suas operadoras de TV a cabo, telefonia fixa e acesso à Internet na Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador e Perú, assim como a empresa Sección Amarilla, e criar uma nova empresa chamada "Telmex Internacional".

No Brasil, a Telmex é dona da Embratel e tem participação relevante na operadora de TV por assinatura NET .

A companhia da Telmex com ativos fora do México teria ações negociadas nas bolsas de valores mexicana e dos Estados Unidos. Para analistas, a cisão das operações internacionais poderia aumentar o valor desses ativos, enquanto que deixaria no México uma operação mais conservadora mas altamente rentável.

A Telmex é a maior provedora de telefonia fixa do México, com cerca de 90 por cento das linhas em operação no país.

(Reportagem Tomás Sarmiento)