Google retira imagens de mapas a pedido do Pentágono

quinta-feira, 6 de março de 2008 21:53 BRT
 

WASHINGTON/SAN FRANCISCO (Reuters) - O Google obedeceu a um pedido do Pentágono para remover algumas imagens online do seu mapa porque isso impõem uma ameaça à segurança de bases militares dos Estados Unidos, dissera nesta quinta-feira funcionários da empresa e militares.

O general Gene Renuart, chefe do comando militar responsável por defesa nacional, afirmou que o Pentágono tinha conversado com o Google sobre os riscos e espera que a empresa coopere para remover imagens selecionadas do seu serviço Street View.

"Nós fomos contatados pelos militares", afirmou o porta-voz do Google, Larry Yu. "Nessas instâncias onde eles expressaram preocupações com as imagens, nós atendemos aos pedidos."

O Departamento de Defesa, que ainda estuda como tantas imagens estão disponíveis, também proibiu equipes do Google de tomar imagens de vídeo das bases.

Pelo fato de tantas imagens serem tomadas de ruas públicas, os militares podem não ter o direito legal de pedir a retirada de vídeos.

O Street View, um dispositivo do Google Maps, oferece visões de 360 graus ao nível do chão em 30 cidades dos Estados Unidos. Os internautas podem dirigir por uma rua, com sentido virtual, usando o mouse para ajustar a visão do cenário ao lado.

(Por Kristin Roberts e Eric Auchard)