TIM fecha 1o tri com prejuízo cinco vezes maior

terça-feira, 6 de maio de 2008 09:17 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A segunda maior operadora de telefonia celular do país, TIM, fechou o primeiro trimestre com prejuízo mais que cinco vezes maior, impactada por aumento nas despesas para cobrir dívidas de usuários resultantes de campanha agressiva de atração de clientes promovida no final do ano passado.

A companhia teve um prejuízo de 107,93 milhões de reais, contra perda de 19,46 milhões de reais sofrida um ano antes.

Segundo a TIM, a provisão para devedores duvidosos atingiu 271,7 milhões de reais ou cerca de 9,6 por cento da receita líquida de serviços. No primeiro trimestre do ano passado, a relação era de 6,5 por cento.

"O aumento nas despesas com inadimplência resultou de uma campanha agressiva de televendas no segundo semestre de 2007. O processo de vendas deste canal foi remodelado para se tornar mais rigoroso na política de crédito", informou a TIM em comunicado ao mercado.

A operadora obteve um crescimento na base de clientes de 23,7 por cento em relação ao primeiro trimestre do ano passado, para 32,5 milhões, enquanto a receita líquida avançou 5,3 por cento para 2,99 bilhões de reais.

A TIM teve geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) de 535,36 milhões de reais. No mesmo período de 2007, o Ebitda havia sido 664,05 milhões de reais.

A margem Ebitda encerrou os três primeiros meses do ano em 17,9 por cento, contra 23,4 por cento um ano antes.

Enquanto isso, a receita média por cliente (Arpu, na sigla em inglês) foi de 29,5 reais ao final do trimestre, contra 34,4 reais nos três primeiros meses de 2007.

(Por Alberto Alerigi Jr.)