Polícia invade 51 estandes na CeBIT por suspeita de pirataria

sexta-feira, 7 de março de 2008 14:05 BRT
 

FRANKFURT (Reuters) - Investigadores alemães fizeram uma batida em 51 estandes da CeBIT, maior feira tecnológica européia, em Hanover, Alemanha, procurando produtos com suspeita de quebra de patentes, afirmou a polícia de Hanover na quinta-feira.

Cerca de 183 policiais, clientes e agentes da promotoria alemã invadiram a feira na quarta-feira e apreenderam seis caixas de produtos eletrônicos e documentos incluindo telefones celulares, aparelhos de navegação, porta-retratos digitais e monitores de tela plana.

A polícia de Hanover afirmou em comunicado que o motivo da batida foi o alto número de queixas por parte dos donos de patentes na organização da feira, que tem crescido há anos.

Das 51 empresas revistadas, 24 eram chinesas, incluindo três de Hong Kong, 12 de Taiwan, nove alemãs, uma da Polônia, uma da Coréia e uma da Holanda.

A maior parte das patentes é relacionada a aparelhos com funções padrão MP3, MP4 e DVB para áudio e vídeo digital, copiadores de CDs e DVDs, afirmou a polícia.

Vinte pessoas foram intimadas a pagar um depósito de mil euros (1,5 mil dólares). A maioria cooperou exceto uma pessoa, que fio levada para interrogatório e depois liberada.

Os envolvidos podem ser condenados a até 5 anos de prisão ou pagamento de multa, caso sejam considerados culpados.