Empresa japonesa de fliperama sofre com sucesso do Wii

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008 11:28 BRST
 

Por Edwina Gibbs

TÓQUIO (Reuters) - As ações da japonesa Namco Bandai Holdings, fabricante de brinquedos e fliperamas, caíram pelo segundo dia seguido nesta quinta-feira após a empresa divulgar uma forte revisão para baixo de suas perspectivas de lucros e afirmar que pode fechar de 50 a 60 títulos de fliperama, cerca de um quinto de seu total.

"Muitos tipos de jogos que as pessoas disputavam no arcade agora podem jogar em casa", afirmou o porta-voz da empresa, Yuji Machida. A medida reflete a popularidade do console Wii, da Nintendo, segundo a empresa.

Muitas crianças japonesas ganharam um Wii ano passado, principalmente no final do ano, e parece que boa parte de suas mesadas está sendo guardada para comprar mais jogos ou equipamentos para o console, afirmou Machida.

O Wii, extremamente popular pelo mundo, possui um joystick sensível ao movimento que é usado para simular ações nos jogos, como rebater uma bola. A chegada do "Wii Fit", que vem com uma esteira sensível à pressão, também impulsionaram as vendas do console.

Machida culpou também o alto preço da gasolina por fazer as famílias se transportarem menos em grandes locais de compras onde muitos dos fliperamas da Namco voltados para a família estão localizados.

A companhia é a segunda operadora de fliperama a anunciar uma grande revisão. A primeira foi a Sega Sammy Holdings, que planeja fechar 100 dos seus títulos de fliperama.

A companhia, conhecida pelo animal de estimação virtual Tamagotchi, reduziu sua previsão de lucro líquido anual em 38 por cento na quarta-feira. A estimativa anterior era de 16,5 bilhões de ienes (155 milhões de dólares).