Philips transfere negócio de TV nos EUA para empresa do Japão

terça-feira, 8 de abril de 2008 16:03 BRT
 

AMSTERDÃ (Reuters) - A Philips Electronics vai transferir seu negócio norte-americano de televisão para a japonesa Funai Electric e espera ter encargos que totalizem 125 milhões de euros (ou 197 milhões de dólares) com a transação em 2008.

O acordo de licenciamento da marca por no mínimo cinco anos envolve distribuição, marketing e vendas de todas as atividades de consumo ligadas a TV da Philips nos Estados Unidos e Canadá, segundo informou a Philips em um comunicado distribuído nesta terça-feira.

Os negócios globais de TV da Philips geraram uma receita de 6,27 bilhões de euros em 2007, mas deixaram um prejuízo operacional de 71 milhões de euros. Nos Estados Unidos, as vendas da companhia atingiram 1 bilhão de euros no ano passado.

"Este acordo assegura a manutenção da presença das marcas Philips e Magnavox na América do Norte em um modelo que assegura a rentabilidade da Philips neste mercado altamente competitivo", disse a empresa no comunicado.

A Philips disse que vai se focar no negócio de TV em mercados mais fortalecidos, especialmente na Europa e em alguns países emergentes.

A empresa sediada na Holanda informou em janeiro que iria avaliar todas as alternativas para sua divisão de TV que enfrenta competição acirrada, especialmente nos Estados Unidos, de empresas de baixo custo como a Amtran, de Taiwan. O presidente executivo da companhia, Gerard Kleisterlee, afirmou naquela ocasião que a empresa iria buscar margens mais elevadas de rentabilidade, em qualquer nível de vendas necessário para que elas fossem alcançadas. A empresa afirmou nesta terça-feira que irá receber royalties da Funai pelo uso de suas marcas.

(Niclas Mika)