Gasto com publicidade na Web dos EUA vai dobrar até 2011--estudo

quinta-feira, 8 de novembro de 2007 15:14 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - Os gastos com publicidade na Internet nos Estados Unidos vão superar 21 bilhões de dólares neste ano e dobrarão até 2011, já que cada vez mais dinheiro deixa a mídia tradicional e jornais, previu a empresa de pesquisa eMarketer.

A eMarketer afirmou que as preocupações com a economia estão afetando as previsões para gastos com propaganda em todo o mercado, mas informou em um relatório que os orçamentos para campanhas online provavelmente vão se dar melhor do que as de publicidade tradicional.

"Principalmente por causa da crise do crédito e a crise econômica que veio em seguida, os gastos com publicidade na Internet não vão aumentar tanto em 2007 e 2008 quanto os analistas esperavam", disse o relatório.

Os gastos totais relacionados a publicidade neste ano devem subir cerca de 2,1 por cento, afirmou a eMarketer, enquanto a propaganda na Internet tem previsão de alta de 26,7 por cento.

Nos próximos anos, a propaganda vinculada a sistemas de busca vai continuar como a principal forma de publicidade online, responsável por cerca de 40 por cento dos gastos anuais até 2011.

Publicidade de tela, como os banners, vai gerar aproximadamente 20 por cento das receitas da Internet com propaganda, enquanto os classificados vão contribuir com algo como 17 por cento, segundo o relatório.

Até 2011, afirma o texto, os gastos com propaganda online devem chegar a 42 bilhões de dólares.