Samsung lança celulares com chips da Broadcom

segunda-feira, 8 de outubro de 2007 15:24 BRT
 

SAN FRANCISCO, Estados Unidos (Reuters) - A fabricante de chips de comunicação sem fio Broadcom anunciou que a Samsung, segunda maior produtora mundial de celulares, começou a distribuir às operadoras celulares de próxima geração equipados com seus chips.

Os telefones de terceira geração (3G), capazes de acesso à Web e de baixar dados da Internet mais rápido que aparelhos de gerações anteriores, estão a caminho de operadoras na Europa, Ásia, África, Austrália e outros países, anunciou a Broadcom.

A líder entre os fabricantes mundiais de celulares, Nokia, anunciou este ano que vai adquirir chips da STMicroelectronics, Broadcom e da Infineon, o que pode reduzir a importância dos líderes do mercado de processadores para celulares, Qualcomm e Texas Instruments, seus fornecedores há muito tempo.

Investidores consideraram esses acordos como vitórias importantes para a Broadcom e para a STMicro, já que obter negócios junto à líder do setor pode resultar em elevação suficiente do volume de vendas para ajudá-las a arcar com o custo de concorrer no mercado de chips, que requer investimentos pesados.

"A participação de mercado combinada das duas empresas (Nokia e Samsung) representa oportunidade de mercado significativa", disse Yossi Cohen, administrador do grupo de plataformas móveis da Broadcom.

No ano passado, a Texas Instruments e a Qualcomm responderam cada qual por 20 por cento do mercado de chips para celulares, de acordo com a iSuppli. A Freescale Semiconductor, com cerca de 9 por cento, ficou em terceiro, mas deve perder mercado porque sua principal cliente, a Motorola, também adotou a Texas Instruments e a Qualcomm como fornecedores.

A Broadcom detinha 1,4 por cento do mercado em 2006, e a STMicro tinha quase 6 por cento.