Rede de publicidade da News Corp. compra controle da Utarget

terça-feira, 8 de abril de 2008 14:02 BRT
 

Por Kenneth Li

NOVA YORK (Reuters) - A Fox Networks, rede de publicidade criada há um ano pela News Corp., de Rupert Murdoch, anuncia nesta terça-feira que adquiriu participação controladora na rede européia de publicidade em vídeo Utarget, como parte de seus esforços de expansão na Europa e Ásia.

Embora muito se saiba sobre a Fox Interactive Media, a divisão de Internet da News Corp., que controla o MySpace, o principal site de redes sociais, a empresa também está empreendendo uma discreta expansão em outros mercados que não o dos Estados Unidos, desde que foi formada no ano passado pela combinação de duas redes latino-americanas de publicidade, a Click Diario e a Directa.

Essa divisão pouco conhecida da Fox está sendo vista como detentora de potencial foco de crescimento para o grupo MySpace, da Fox Interactive Media, que planeja elevar o faturamento publicitário obtido junto a seus 110 milhões de visitantes únicos ao mês, em todo o mundo.

A Fox vende espaço publicitário em uma rede de sites controlados pelo grupo e por terceiros, a anunciantes localizados fora dos Estados Unidos. A divisão passará a ser conhecida como Utarget.Fox.

Os detalhes financeiros da aquisição de uma participação majoritária na Utarget pela Fox não foram revelados. Uma fonte na empresa diz que o montante da transação foi estimado em "algumas dezenas de milhões de dólares".

A Utarget opera uma rede de publicidade em vídeos de Internet formada por mais de 630 sites, e gera a maior parte de sua receita no Reino Unido. Também conta com um escritório na Alemanha, informa o grupo.

O produto de publicidade em vídeo online que ela oferece permite a exibição de comerciais em vídeo em uma janela que se abre por sob a página que está sendo visitada.

A expansão da Fox é parte da estratégia da News Corp., o grande conglomerado de mídia mais distribuído geograficamente, para expandir seu alcance na Internet fora dos Estados Unidos, em um momento de explosão no interesse pelos vídeos online.

"Na News Corp., tentamos sempre garantir que não haja duas divisões fazendo a mesma coisa", disse Hernan Lopez, vice-presidente de operações da Fox International Channels, em entrevista telefônica.