Falha interrompe negócios da Bolsa de Londres

segunda-feira, 8 de setembro de 2008 13:21 BRT
 

Por Daisy Ku e Dominic Lau

LONDRES (Reuters) - A bolsa de Londres, London Stock Exchange, sofreu nesta segunda-feira a pior falha de sistema em oito anos, forçando o terceiro maior mercado de ações do mundo a suspender os negócios pela maior parte do dia, enfurecendo seus usuários.

O problema ocorreu depois que os mercados voltaram do fim de semana com a notícia de que o governo dos Estados Unidos decidiu assumir o controle das empresas de financiamento hipotecário Fannie Mae e Freddie Mac .

"É horrível. Em um dia em que os olhos dos mundo estão todos observando os mercados financeiros, para nós não poder negociar é assustador", disse um operador.

"Temos a maior tomada de controle da história com as coisas da Freddie Mac e não podemos operar. É terrível."

A bolsa de Johanesburgo, que usa a plataforma TradElect da LSE, também suspendeu suas operações. A TradElect foi lançada pela LSE em junho do ano passado. Uma falha anterior no sistema ocorreu em novembro daquele ano, mas durou menos de uma hora.

"Esta paralisação de hoje claramente atingiu mais uma vez a reputação da LSE especialmente em um dia como hoje, reforçando que ela pode não ter sido capaz de lidar com os volumes desta manhã", disse um operador.

A bolsa não informou se o volume de operações foi o problema e não deu detalhes sobre o que causou a falha.

A LSE, terceira maior bolsa do mundo em volume de negócios no primeiro semestre deste ano, abriu normalmente suas operações às 4h (horário de Brasília), mas problemas de conectividade deixaram alguns operadores sem poder trabalhar, forçando uma suspensão das operações para assegurar que ninguém ficasse em desvantagem.   Continuação...