Alcatel-Lucent traça visão pessimista após prejuízo de US$5,12bi

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008 10:09 BRST
 

Por Astrid Wendlandt

PARIS (Reuters) - A Alcatel-Lucent traçou perspectivas fracas para 2008 e cancelou distribuição de dividendos depois de registrar prejuízo líquido de 3,5 bilhões de euros (5,12 bilhões de dólares) em seu primeiro ano como companhia combinada.

O grupo francês fabricante de equipamentos de telecomunicações Alcatel, que comprou a rival norte-americana Lucent em 2006, afirmou que os números do prejuízo líquido incluem encargo de 2,94 bilhões de euros registrado no quarto trimestre para refletir queda no valor dos ativos móveis da Lucent.

Excluindo-se a baixa contábil, a Alcatel-Lucent teve um prejuízo anual de 443 milhões de euros (647,8 milhões de dólares), resultado melhor que a previsão de perda de 789 milhões de euros obtida com a consulta a analistas feita pela Reuters Estimates.

A empresa afirmou que espera incorrer um prejuízo operacional ajustado no primeiro trimestre de 2008 devido a "padrões sazonais".

"O ambiente macroeconômico criou incertezas em nossos mercados nos últimos meses", afirmou a presidente-executiva da empresa, Patricia Russo, em comunicado.

Diante dos resultados e do cenário, o grupo afirmou que é prudente cancelar o pagamento de dividendos de 2007.

Investidores ficaram decepcionado com a companhia depois que informou previsão de margem operacional ajustada para 2008 de entre 2,5 e 5 por cento, enquanto a expectativa era de 5,4 por cento.

"O maior problema é o panorama para este ano", afirmou Richard Windsor, analista da Nomura. "Onde estão os 600 milhões de euros prometidos em economias para 2007? Parece que eles estão indo para os bolsos dos clientes e não para os bolsos dos acionistas."   Continuação...