Steve Jobs brinca sobre sua saúde em anúncio de iPods

terça-feira, 9 de setembro de 2008 16:10 BRT
 

SAN FRANCISCO (Reuters) - O presidente-executivo da Apple, Steve Jobs, fez piada sobre relatos de que sua saúde estava debilitada ao lançar novos iPod nano e Touch.

As ações da Apple caíam mais 3 por cento durante a apresentação, como normalmente acontece com lançamentos já aguardados de produtos da empresa. A companhia avisou na semana passada que ocorreria um evento misterioso sobre música e o anúncio não trouxe grandes surpresas.

Jobs apareceu na apresentação magro, mas animado enquanto caminhava pelo palco usando seu tradicional "uniforme": calça jeans e camisa preta de mangas longas. Em um momento, ele caminhou ao lado de uma tela que trazia os dizeres: "Os relatos sobre minha morte são muito exagerados".

Em 2004, Jobs, que tem 53 anos de idade, afirmou que passou com sucesso por uma cirurgia de remoção de um tipo raro de câncer pancreático. A Bloomberg publicou equivocadamente um obituário de Jobs recentemente, enquanto investidores se mostraram preocupados por meses sobre a saúde do executivo depois que ele apareceu mais magro que de costume no lançamento da última versão do celular iPhone, em San Francisco.

Nesta terça-feira, Jobs lançou uma versão mais fina do iPod nano, que custa 149 dólares e tem capacidade de 8 gigabytes de armazenamento. O executivo ainda apresentou uma nova versão do iPod Touch, aparelho que acessa a Internet sem fio, e afirmou que os usuários do iPhone já baixaram mais de 100 milhões de aplicativos de uma nova loja online da empresa.

O novo iPod nano tem uma função que troca de música quando o usuário chacoalha o aparelho.

"Já era esperado, mas acho que vai vender bem na temporada de fim de ano", afirmou Michael Abramsky, analista da RBC Capital Markets. Ele acrescentou que Jobs não pareceu muito diferente desde sua apresentação em junho.

A Apple também informou que a emissora de televisão NBC voltou a integrar a loja online de música e vídeos da Apple, a iTunes.

(Por David Lawsky e Eric Auchard)