Tribunal holandês condena nigerianos por fraude via e-mail

segunda-feira, 10 de março de 2008 15:09 BRT
 

AMSTERDÃ (Reuters) - Um tribunal holandês sentenciou três membros de uma quadrilha nigeriana a até 4 anos de prisão por extorquirem dezenas de milhares de euros de vítimas que responderam e-mails que prometia parte em heranças não reclamadas.

Um porta-voz do tribunal de Haarlem afirmou que os juízes sentenciaram um homem a quatro anos de prisão por acusações de fraude, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha, enquanto outros dois foram condenados a 18 e 13 meses de reclusão respectivamente.

As próximas sentenças não foram definidas, acrescentou o porta-voz.

Durante as investigações, a polícia encontrou notas falsas de dólar, dezenas de milhares de euros, documentos e detalhes financeiros de vítimas de diversos países num apartamento em Amsterdã, segundo a agência de notícias holandesa ANP.

As vítimas da fraude pagaram somas à quadrilha acreditando que assim poderiam reclamar uma quantia maior de herança.

(Reportagem de Alexandra Hudson)