Hollywood prolonga sagas de filmes na forma de videogames

quinta-feira, 10 de julho de 2008 10:19 BRT
 

Por John Gaudiosi

RALEIGH, Estados Unidos (Reuters) - Os grandes sucessos de verão norte-americano do cinema já não acabam quando rolam os letreiros finais, se levarmos em conta o crescente número de videogames licenciados que estão sendo baseados em aventuras de Hollywood, com o jogador no papel principal.

John Taylor, analista de videogames da Arcadia Research, disse que este verão verá o lançamento de cerca de 12 jogos licenciados com base em filmes de Hollywood, ante nove no período um ano atrás.

"Como vimos no ano passado com os jogos 'Spider-Man 3' e 'Transformers', da Activision, os consumidores compraram os títulos durante todo o verão e continuaram comprando na movimentada temporada de festas, o que representa uma das vantagens da aquisição de títulos licenciados por Hollywood", afirmou Taylor.

O mais recente sucesso de animação computadorizada da Disney/Pixar, "WALL-E", foi desenvolvido em forma de videogame pela Heavy Iron Studios e está sendo distribuído pela THQ. Os jogadores controlam os astros robotizados, WALL-E e Eve, em aventuras que vão além das duas horas do filme.

O designer de produção do filme, Ralph Eggleston, disse ter acompanhado a evolução na colaboração entre as produtoras de videogames e a Pixar nos últimos anos.

"Os jogos foram chegando cada vez mais perto de nós", disse Eggleston. "Uma das coisas que acontece quando a velocidade de renderização cresce é que as imagens nos jogos ficam melhores e permitem que os produtores de videogames comecem a realmente envolver personagens mais complexos nos jogos e promover interação entre eles."

A Activision e a produtora Luxoflux adquiriram "Kung Fu Panda", da DreamWorks, para todas as plataformas de videogame.

O jogo oferece 13 níveis que permitem que jogadores trabalhem juntos ou tomem o controle de Po, o Panda, seu mestre Shifu e os lendários mestres do kung fu, os Cinco Furiosos, e resolvam a parada sem ajuda.   Continuação...