Microsoft prefere comprar Yahoo sozinha, diz fonte

sexta-feira, 11 de abril de 2008 22:57 BRT
 

SEATTLE, Estados Unidos (Reuters) - A Microsoft quer manter sua proposta original pelo Yahoo, mas não descarta opções, incluindo a entrada da News Corp em sua oferta, disse nesta sexta-feira uma fonte próxima à empresa.

A fonte afirmou que a preferência da empresa tem sido de manter a estrutura original do negócio, que envolveria o pagamento de 31 dólares por ação em dinheiro e papéis pela compra do Yahoo. Mas a Microsoft não exclui a possibilidade de se juntar a parceiros, de acordo com a fonte.

Mais cedo, o Wall Street Journal, de propriedade da News Corp, informou que pessoas próximas à Microsoft disseram que a fabricante de software planeja fazer sozinha a oferta pelo Yahoo, e não fazê-lo junto da News Corp, que teve negociações com a Microsoft a respeito de uma proposta conjunta pelo Yahoo.

O jornal também afirmou que a diretoria do Yahoo se reuniu na sexta-feira para avaliar suas opções, incluindo o aprofundamento das negociações com a AOL, da Time Warner, sobre um negócio para fundir Yahoo e AOL, mas nenhuma decisão foi tomada até agora.

Representantes de Microsoft, News Corp e Yahoo não estavam imediatamente disponíveis para fazer comentários.

(Reportagem de Daisuke Wakabayashi com reportagem adicional de Eric Auchard em San Francisco e Kenneth Li em Nova York)