Philips vende participação em joint-venture de LCD por US$ 1 bi

quarta-feira, 12 de março de 2008 15:22 BRT
 

HONG KONG (Reuters) - A Philips se desfez de uma participação na joint-venture de telas de cristal líquido (LCD) que mantinha com a coreana LG nesta quarta-feira, vendendo cerca de 1 bilhão de dólares em ações da LG Display com um desconto de 4,8 a 8,1 por cento.

A Philips vendeu 23 milhões de ações ordinárias, ou 6,32 por cento dos papéis da LG Display, por uma média de preços entre 42,750 a 44,250 wons por ação em um acordo coordenado pelo Citigroup e Credit Suisse, segundo documentos divulgados pela Philips.

A transação vai reduzir a participação que a Philips controla na joint-venture, que inicialmente se chamava LG.Philips LCD, de 19,9 por cento para 13,5 por cento, enquanto a LG Electronics detém 37,9 por cento.

"Não é um bom momento para vender ações. Os preços atuais estão cerca de 20 por cento abaixo do pico visto em novembro. Quase todos os analistas, e eu me incluo entre eles, esperam que os lucros da LG Display comecem a crescer depois do primeiro trimestre, por isso ainda há mais para ganhar", afirmou Jay Yoo, analista da Korea Investment and Securities.

"Tem havido forte demanda por telas de custal líquido. Sazonalmente, a primeira metade do ano tende a ser mais fraca, mas a demanda deve melhorar no segundo semestre", acrescentou Yoo.

Em outubro, a Philips vendeu cerca de 2,2 bilhões de dólares em ações da joint-venture, que é a segunda maior em produção de LCD no mundo, atrás da Samsung Electronics.