Al Gore ingressa em firma de capital de risco do Vale do Silício

terça-feira, 13 de novembro de 2007 10:10 BRST
 

Por Eric Auchard

SAN FRANCISCO, Estados Unidos (Reuters) - Al Gore, ex-vice-presidente dos Estados Unidos e co-vencedor do prêmio Nobel da Paz, está se tornando sócio da mais prestigiada das companhias de investimento de risco do Vale do Silício.

A Kleiner Perkins Caufield & Byers anunciou na segunda-feira que Gore, envolvido em uma campanha para desacelerar as alterações climáticas do mundo, assumirá uma posição como sócio da empresa na área de investimentos em energia alternativa.

O grupo, que desde 1972 tem apoiado importantes empresas novatas de tecnologia --sendo que algumas delas se tornaram gigantes do setor como Sun Microsystems, Compaq Computer, Amazon.com e Google-- nos últimos anos transformou-se em um grande financiador de companhias que trabalham com fontes alternativas de energia.

A decisão aprofunda o envolvimento de Gore com o setor privado e torna menos provável que ele retorne à política na atual campanha presidencial norte-americana.

Gore, 59, fará parte do conselho da Kleiner como parte de uma colaboração entre seu fundo Generation Investment Management, sediado em Londres, e a chamada divisão "verde" da Kleiner, que investe em tecnologias e sistemas que enfrentam as alterações no clima mundial.

O Generation foi fundado em 2004 por Gore e David Blood, ex-presidente executivo da Goldman Sachs Asset Management, para realizar investimentos com base em princípios de sustentabilidade.

A Kleiner concentrou historicamente em seus investimentos no Vale do Silício e na região vizinha. No entanto, recentemente expandiu suas operações na China. À medida que a empresa começa a atuar no setor de investimentos em energia, ela assume perfil mais globalizado em suas operações.

Gore disse que, como parte do acordo entre as duas empresas, 100 por cento do salário que receberá como sócio da Kleiner Perkins Caufield & Byer serão doados diretamente à Alliance for Climate Protection, a fundação não partidária que ele preside.   Continuação...