Vendas de microchips devem subir 7,7% em 2008

quarta-feira, 14 de novembro de 2007 14:15 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - As vendas globais de microprocessadores devem crescer 7,7 por cento em 2008, acima da expansão de 3,8 por cento prevista para este ano, informou um grupo industrial, nesta quarta-feira.

A Associação da Indústria de Semicondutores (SIA) informou que a demanda por produtos eletrônicos continua aumentando, apesar do crescente custo energético e de outras preocupações.

"Este ano a indústria mundial de microchips produzirá 900 milhões de transistores para cada homem, mulher e criança da Terra", disse George Scalise, presidente da SIA em comunicado.

"A crescente disseminação de semicondutores em uma enorme gama de produtos, junto com o surgimento de novos mercados consumidores na Ásia, Europa Oriental e América do Sul, serão os principais incentivadores do crescimento da indústria nos próximos anos", disse ele.

A SIA prevê que as vendas de chips, que incluem processadores para computadores, chips de memória e semicondutores para celulares, aumentarão para 276,9 bilhões de dólares em 2008, frente aos 257,1 bilhões de dólares previstos para este ano.

Apesar do grupo industrial ter elevado sua previsão de crescimento em 2007 para 3,8 por cento, ante a estimativa de 1,8 por cento divulgada em junho, a nova projeção ainda está muito abaixo dos 10 por cento inicialmente previstos por conta da queda acentuada nos preços de chips de memória.