Samsung eleva capacidade de produção de celular no Brasil em 66%

segunda-feira, 14 de abril de 2008 14:34 BRT
 

Por Taís Fuoco

SÃO PAULO (Reuters) - A sul-coreana Samsung Electronics elevará sua capacidade de produção de celulares no Brasil em cerca de 66 por cento este ano, de 6 milhões de unidades para 10 milhões, informou a companhia nesta segunda-feira.

A ampliação é motivada pelo crescimento esperado este ano, tanto nos atuais modelos do portfólio como dos aparelhos de terceira geração que a companhia pretende lançar e dos celulares com sinal de TV digital, cujo primeiro exemplar chega ao varejo no próximo final de semana.

Sem revelar valor exato a ser gasto no aumento da produção, o vice-presidente executivo da Samsung no Brasil, José Roberto Campos, afirmou que "nos últimos três anos, os investimentos foram de em média 100 milhões de dólares (ao ano). Quero crescer ainda mais este ano", afirmou.

De acordo com Oswaldo Mello, diretor da divisão de telecomunicações da Samsung Brasil, no ano passado o volume de celulares vendidos pela companhia cresceu 50 por cento em relação ao ano anterior. "Em 2008, a produção está preparada para um aumento de 50 a 100 por cento", afirmou.

O mercado brasileiro como um todo vendeu cerca de 40 milhões de celulares no ano passado. Este ano, a empresa acredita que o país consuma "entre 40 milhões e 42 milhões", mas a participação das trocas de modelos deve ser maior que a entrada de novos assinantes.

"Em 2007, falavam em 35 milhões de unidades, mas o mercado acabou sendo de 40 milhões, dos quais 40 por cento foram trocas. Este ano, a fatia de troca deve ser superior a 50 por cento", explicou Campos.

CELULAR COM TV DIGITAL   Continuação...