União Européia inicia nova investigação sobre Microsoft

segunda-feira, 14 de janeiro de 2008 13:52 BRST
 

BRUXELAS (Reuters) - A Comissão Européia iniciou na segunda-feira uma nova investigação antitruste contra a Microsoft, para avaliar se a gigante de software embutiu seu navegador de Internet ao sistema operacional Windows de forma injusta e se dificultou que softwares rivais funcionassem com o Windows.

A nova investigação acontece depois de uma decisão em setembro nos tribunais da União Européia contra a Microsoft.

Uma queixa foi feita pela Opera, produtora de um nevegador de Web que compete com o Internet Explorer.

Outra reclamação veio do Comitê Europeu de Sistemas Interoperáveis. O grupo reclamou que a Microsoft não revela dados técnicos suficientes para permitir que seus produtos operem adequadamente com softwares produzidos por outras companhias.

"O início do processo não significa que a Comissão Européia tem provas de qualquer infração (pela Microsoft). Apenas significa que a Comissão irá investigar o caso profundamente", informou o órgão executivo da União Européia.

(Reportagem de David Lawsky)