PF pede mais detalhes à Petrobras sobre roubo de dados

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008 18:04 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Polícia Federal requisitou mais detalhes à Petrobras sobre as circunstâncias envolvendo o roubo de computadores que armazenavam dados sigilosos da estatal.

A Petrobras informou nesta quinta-feira, em nota à imprensa, que foi vítima de um furto de equipamentos que continham dados importantes, sem detalhar o conteúdo.

"A Petrobras, que tem a maior parte das informações, nos forneceu informações genéricas sobre o fato", explicou a delegada da Polícia Federal em Macaé (RJ), Carla Dolinski, que presidente inquérito aberto para apurar o fato, de acordo com informações da Agência Brasil.

"Nós instauramos o inquérito e determinamos algumas diligências. Só que, no entanto, quem tem a maior parte das informações é a própria Petrobras, que está fazendo uma apuração interna".

De acordo com agência, foram requisitadas também informações à empresa Halliburton, que segundo a delegada era a proprietária dos equipamentos, que por sua vez continham informações da Petrobras.

Mais cedo, a Petrobras informou que o material não estava sob sua vigilância quando ocorreu o roubo, mas não quis informar quem estava responsável pelos equipamentos.

"Houve um furto de equipamentos e materiais que continham informações importantes para a companhia, em instalações de empresa que presta serviços especializados para a Petrobras", confirmou a estatal.

"O assunto está sob investigação", acrescentou a empresa, que informou ter cópias dos dados que estavam nos computadores roubados.

A Polícia Federal teria duas linhas de investigação -- furto com objetivo de espionagem e furto simples.   Continuação...