Palm demite e reduz gastos para lidar com receita menor

sexta-feira, 14 de dezembro de 2007 17:02 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - A Palm, fabricante dos smartphones Treo e de computadores de mão, disse nesta sexta-feira que está cortando empregos para reduzir gastos, mas se recusou a confirmar a informação de que mais de 100 pessoas seriam demitidas.

A Palm, que recentemente emitiu um alerta de prejuízo e receitas menores que o esperado no trimestre encerrado em 30 de novembro, disse que está realinhando seus recursos por trás de iniciativas vitais para a empresa, que teriam o impacto mais forte sobre sua atividade.

"Para este fim, e para assegurar que nossas despesas estão em linha com as receitas projetadas, fizemos alguns arranjos e cortes de equipe", afirmou a Palm em comunicado, que não trouxe o número específico de demissões.

"Isso vai permitir uma competição mais efetiva e assegurar nosso sucesso de longo prazo", acrescentou.

A reorganização envolve a eliminação de mais de 100 empregos, publicou a Associated Predd citando uma fonte anônima que está informada sobre a situação.

A Palm tem sido afetada pela dura competição com aparelhos como o iPhone, da Apple, e o Blackberry, da Research In Motion.

(Reportagem de Sinead Carew)