Investidor diz que irá lutar pela venda do Yahoo à Microsoft

quinta-feira, 15 de maio de 2008 11:26 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - O investidor Carl Icahn iniciou uma batalha por ações do Yahoo para forçar a empresa a reabrir negociações com a Microsoft, afirmou o investidor bilionário em uma carta à empresa de Internet nesta quinta-feira.

Icahn formou um grupo de 10 membros rivais ao conselho do Yahoo com o intuito de forçar a empresa a aceitar a oferta de Microsoft de 33 dólares por ação, num total de 47,5 bilhões de dólares.

Na carta ele revelou ainda que o presidente do conselho do Yahoo, Roy Bostock, adquiriu 59 milhões de ações e procurou liberação antitruste da Comissão Federal de Comércio dos Estados Unidos para comprar cerca de 2,5 bilhões de dólares em ações do Yahoo.

"Está claro para mim que o conselho de diretores do Yahoo agiu irracionalmente e perdeu a confiança dos acionistas e da Microsoft", escreveu Icahn.

(Reportagem de Kenneth Li)