AOL irá cortar 20% de sua força de trabalho

segunda-feira, 15 de outubro de 2007 13:33 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - A unidade de Internet do grupo de mídia Time Warner, a AOL, irá demitir 2.000 funcionários como parte de uma reestruturação em curso para melhorar o foco no segmento de publicidade online, de acordo com um memorando obtido pela Reuters nesta segunda-feira.

Os cortes, que começam na terça-feira, representam cerca de um quinto da força de trabalho global da AOL --que está espalhada em operações nos Estados Unidos e na Europa, onde a empresa vendeu seu negócio de conexão à Internet.

A AOL planeja aumentar seu investimento em áreas de maior crescimento como o setor de anúncios online, disse o presidente-executivo da AOL, Randy Falco, no memorando para os empregados.

Alguns executivos de alto escalão não-identificados deixarão a empresa como parte da reestruturação. (Por Kenneth Li)