EXCLUSIVO-EUA planejam fim de programa para objetos espaciais

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008 22:53 BRST
 

Por Andrea Shalal-Esa

WASHINGTON (Reuters) - O governo dos Estados Unidos planeja acabar com um programa multibilionário para acompanhar objetos que se movem no espaço --um sistema exaltado pelo antigo secretário de Defesa Donald Rumsfeld--, disseram nesta sexta-feira três autoridades do setor e uma fonte na indústria bélica.

O programa de Radar Espacial enfrentou grande resistência no Congresso nos últimos anos, com parlamentares citando preocupações sobre os custos e a tecnologia de um programa com nove satélites, cujas previsões de custos feitas pela Aeronáutica inicialmente chegam a 34 bilhões de dólares até 2025, de acordo com o site globalsecurity.org.

O financiamento para o Radar Espacial, que tinha o objetivo de dar aos militares "um olho no céu" em meio a qualquer tipo de temperatura, foi paralizado nos últimos anos e os seus prazos foram alongados, mas agora o programa em sua forma atual parece fadado a desaparecer.

A Aeronáutica gastou 183 milhões de dólares no programa no ano fiscal de 2007, mas não obteve um centavo em 2008 e em 2009, tendo de pedir ao Pentágono que pagasse para continuar sendo desenvolvido.

"Tem algumas vezes que é melhor desistir e começar de novo:, disse uma das fontes do setor de defesa. Ele afirmou que as Forças Armadas dos EUA buscariam desenvolver capacidades com base em radar no futuro.

(Reportagem de Andrea Shalal-Esa)