Microsoft mira topo em publicidade na Internet

sexta-feira, 16 de novembro de 2007 13:18 BRST
 

SEATTLE (Reuters) - A Microsoft deseja ser uma das duas maiores empresas no mercado de anúncios na Internet entre três e cinco anos, disse um executivo da empresa encarregado do setor na quinta-feira.

Falando em uma conferência do UBS com investidores, Kevin Johnson, presidente das unidades de plataformas e serviços da Microsoft, divulgou a estratégia da empresa de se tornar uma líder na crescente indústria de anúncios online com "10, 20, 30, 40" planos.

O plano, que representa a ambição da Microsoft nos próximos três a cinco anos, deve aumentar a participação da Microsoft nas buscas online, páginas visitadas, porcentagem de tempo na Internet e porcentagem de dólares em anúncios.

A maior fabricante de softwares do mundo atualmente perde para Google e Yahoo no mercado global de publicidade online, que vale 40 bilhões de dólares e é dominado por vendas de anúncios em sites de buscas.

A Microsoft mostrou que fala sério sobre o negócio com a aquisição da aQuantive, empresa de anúncios digitais, por 6 bilhões de dólares em agosto. Essa foi a maior compra que a companhia fez, pagando um prêmio de 85 por cento para consolidar a aQuantive.

"Se você olhar para o cenário de outros competidores e outra empresas nesta área, não somente nós temos a tecnologia, pesquisa e capacidade de desenvolvimento para utilizar, mas também temos a disposição de investir no longo prazo", disse Johnson em uma sessão de perguntas e respostas com o Heather Bellini, analista do UBS.

(Por Daisuke Wakabayashi)