17 de Abril de 2008 / às 01:49 / em 9 anos

Thomson Reuters estréia em meio a tensão no mercado global

Por Gavin Haycock e Robert MacMillan

LONDRES/NOVA YORK (Reuters) - A Thomson Reuters estréia na quinta-feira como maior empresa de informações do mundo, esperando que um portfólio de produtos, dos financeiros até os vinculados a saúde, ajudem a empresa a passar pelo momento de baixa da indústria financeira.

Os papéis da companhia, formada pelos mais de 16 bilhões de dólares em dinheiro e ações da Thomson com a compra da Reuters, vão começar a ser negociados em Londres, Toronto e Nova York .

A nova Thomson Reuters, liderada pelo ex-chefe da Reuters Tom Glocer, vende notícias eletrônicas e dados a operadores, administradores de fundos e analistas, além de bancos de dados e outras informações a advogados, contadores, cientistas a à indústria de saúde.

A fusão permitirá à Thomson expandir seu negócio de dados financeiros a partir da sua base norte-americana, somando as forças da Reuters. O negócio deve ajudar a Reuters a reduzir sua exposição aos mercados financeiros, que têm sido afetados pela crise do crédito.

A nova empresa, com sede em Nova York, tem receita anual de 12,5 bilhões de dólares, 50.000 funcionários e mais de 40.000 clientes em 155 países.

Glocer, ex-advogado de fusões e aquisições, espera que a empresa forneça “informação inteligente” pela qual as pessoas vão pagar.

“O que eu acho que é mais interessante é que todas essas unidades vão trabalhar juntas no longo prazo”, disse ele em entrevista à Reuters.

Analistas esperam que as ações da Thomson Reuters listadas em Londres sejam negociadas com um ágio de 15 por cento sobre os papéis listados em Toronto, devido à natureza em mudança da base de acionistas da nova empresa.

DOS POMBOS E CASQUINHAS DE SORVETE

As raízes da Thomson no mercado editorial datam de 1934 quando Roy Thomson comprou o The Timmins Press, no norte da província canadense de Ontario. Thomson foi conhecido por sua estranha coleção de empresas, que em um momento incluiu uma operação de fabricação de casquinhas de sorvete.

A família Thomson desde então se envolveu com a publicação de livros e jornais e chegou a ser dona do tradicional jornal londrino The Times. Além disso, o grupo foi dono de estações de televisão, companhias de viagem e exploradoras de petróleo.

Thomson vendeu o The Times em 1981 e ampliou o foco na divulgação de dados quando vendeu seus interesses petrolíferos no Mar do Norte em 1989 e a Thomson Travel, em 1998. O negócio de educação foi vendido por 7,75 bilhões de dólares em 2007.

A Reuters foi fundada em 1851 quando o alemão Paul Julius Reuter transmitia dados das bolsas de valores entre Londres e Paris por meio do cabo Calais-Dover. Antes disso, ele utilizava pombos para voar com os preços de ações entre Aachen, na Alemanha, e Bruxelas.

Esse foi começo do serviço de notícias da Reuters, que agora tem 2.400 jornalistas e se tornou uma fundação para seu império de 5 bilhões de dólares ao ano com base em notícias e dados financeiros.

A nova empresa, com vendas anuais de 7,4 bilhões de dólares, compete com a Bloomberg LP por clientes na indústria financeira. Bloomberg e Thomson Reuters têm cada uma um terço do mercado global de dados financeiros, de acordo com David Anderson, diretor da Atradia Consulting.

Entre os rivais também estão a Dow Jones & Co, agora uma unidade da News Corp, e a anglo-holandesa Reed Elsevier . A Reed é dona da base de dados legais LexisNexis, que compete com a Westlaw, da Thomson.

(Reportagem adicional de Mark Potter em Londres)

Os repórteres e editores envolvidos na redação e na edição desta reportagem podem ser donos de papéis da Reuters e são guiados pelo Código de Conduta da Reuters, que impede os jornalistas de negociar títulos de empresas quando escrevem sobre elas

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below