Nokia tem resultado em linha com o esperado no 2o tri

quinta-feira, 17 de julho de 2008 08:52 BRT
 

HELSINQUE (Reuters) - A Nokia, maior fabricante de celulares do mundo, obteve no segundo trimestre do ano um resultado que ficou em linha com o esperado pelo mercado. A empresa demonstrou otimismo com o restante de 2008, reduzindo temores de que problemas na economia poderiam afetar a demanda por telefones móveis.

A empresa aumentou ligeiramente sua previsão de desempenho da indústria de celulares, afirmando que o volume de vendas deve crescer 10 por cento ou mais em 2008, ante estimativa anterior de expansão de cerca de 10 por cento.

"Observando o restante do ano, estamos otimistas e temos um bom retorno sobre a ampla gama de novos produtos que pretendemos vender", disse o presidente-executivo da Nokia, Olli-Pekka Kallasvuo, em comunicado nesta quinta-feira.

A companhia informou que o lucro por ação, sem itens extraordinários, subiu para 0,36 euro ante 0,32 euro um ano antes. A média das expectativas apuradas pela Reuters em levantamento com 31 analistas indicava lucro de 0,37 euro.

As ações da Nokia subiram 7 por cento após a publicação do balanço, mas ainda acumulam queda de 35 por cento no ano.

Contudo, o preço médio de venda dos celulares da Nokia no segundo trimestre decepcionou o mercado, caindo de 79 para 74 euros. A expectativa de analistas era de queda para 77 euros.

A empresa vendeu 122 milhões de telefones no período, acima das 120 milhões de unidades esperadas.

"Os números são ligeiramente melhores, parecem razoavelmente bons. Os embarques estão acima de nossas previsões", afirmou Neil Mawston, da Strategy Analitics.

(Reportagem de Tarmo Virki)