Crescimento da IBM nas Américas perde para resto do mundo

quinta-feira, 17 de janeiro de 2008 19:38 BRST
 

SAN FRANCISCO (Reuters) - A IBM anunciou nesta quinta-feira que a receita nas Américas cresceu 5 por cento, menos do que outras regiões no mundo que mostraram fortes ganhos, e disse que as vendas de hardware de computadores recuou.

O lucro líquido da maior companhia de serviços de informática do mundo no quarto trimestre foi de 3,95 bilhões de dólares, ou 2,80 dólares por ação, ante 3,46 bilhões de dólares, ou 2,31 dólares por ação, no ano anterior. A receita cresceu de 26,3 bilhões de dólares para 28,9 bilhões de dólares.

Na segunda-feira, a IBM havia informado em resultado preliminar que o lucro por ação em operações continuadas havia subido mais do que a média das expectativas de analistas, puxado pela Ásia, Europa e países emergentes. A IBM disse que está no caminho de atingir a meta de crescimento definida para 2010, com lucro por ação de 11 dólares.

O anúncio de segunda-feira fez as ações da IBM dispararem e diminuiu a preocupação de que a desaceleração da economia norte-americana possa estar afetando os gastos no setor de tecnologia --até então um refúgio para os investidores em fuga do setor imobiliário, bancário e relacionado ao consumo.

As ações da IBM, que em relação à máxima em 52 semanas atingida em outubro tinham baixa de 17 por cento antes do anúncio de segunda-feira, subiram 5 por cento nesta semana e estão sendo negociadas e cerca de 13 vezes o lucro por ação estimado para 2008, aproximadamente o mesmo nível de sua concorrente, Hewlett-Packard .

(Reportagem de Phillip Gollner)