Importação de celular triplica de janeiro a maio

terça-feira, 17 de junho de 2008 18:32 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O celular ainda é o item mais exportado pela indústria eletrônica brasileira, mas chama a atenção o salto nas importações de aparelhos móveis entre janeiro e maio deste ano.

O crescimento na demanda brasileira por modelos que ainda não têm escala para serem produzidos localmente --como os de terceira geração e os chamados 'smartphones'-- estimularam as importações, de acordo com a associação do setor (Abinee).

Em dólares, o gasto com importações de celular quase triplicou nos cinco primeiros meses de 2008 sobre igual período do ano passado.

De acordo com os números divulgados pela Abinee nesta terça-feira, as importações de celulares atingiram 285 milhões de dólares de janeiro a maio, ante 100 milhões de dólares no mesmo intervalo de 2007. Ainda que o salto tenha sido grande, o telefone celular ainda é o nono item entre os 10 mais importados pela indústria reunida na Abinee. O principal deles é o semicondutor, item da microeletrônica em que o Brasil praticamente não tem fabricantes locais.

Por outro lado, a valorização do real sobre o dólar e a alta na demanda interna fizeram com que as exportações de celular caíssem no período.

Nos cinco primeiros meses de 2008, as exportações de celulares caíram 1 por cento, para 885 milhões de dólares. A queda acumulada no período não foi maior porque em maio os embarques voltaram a crescer e foram 11 por cento maiores que em 2007.

Os celulares já perdem participação no total exportado pelo segmento desde o ano passado, como ressalta a Abinee. No acumulado de janeiro a maio de 2008, os telefones móveis representavam 23 por cento do total de exportações dessa indústria, percentual inferior ao observado no ano de 2006, que era de 30 por cento.

Na avaliação da Abinee, a moeda norte-americana já atinge um patamar "preocupante" para esse segmento, que tem nas exportações o apoio para ganhar escala e se tornar competitiva mundialmente.

(Reportagem de Taís Fuoco)