Novo produto sul-coreano de alta tecnologia: cães clonados

quinta-feira, 17 de julho de 2008 13:27 BRT
 

Por Jon Herskovitz

SEUL (Reuters) - Dois laboratórios sul-coreanos estão oferecendo aos donos de animais domésticos a chance de clonar cachorros, mas os que assim desejarem fazer com seu amado animal precisarão entrar na fila de espera e ter muito dinheiro em mãos.

Os laboratórios de Seul, filiados ao RNL Bio e ao Sooam Biotech Research Foundation, afirmam ser os únicos no mundo onde é possível clonar um cocker spaniel ou retriever com custos que variam entre 50 mil e 100 mil dólares.

Os laboratórios, entretanto, estão fazendo mais réplicas de cachorros voltados para trabalhos e raças em risco de extinção do que propriamente de animais domésticos.

Clientes como o governo sul-coreanao clonaram um cão farejador campeão, vendo uma opção de custo-benefício para produzir candidatos para os caros programas de treinamento.

O serviço estima que o custo seja de 60.260 dólares por clone. É cerca de duas vezes mais do que criar e treinar um cão farejador normal, mas somente 30 por cento são bons o bastante para chegar lá, afirmou o serviço. Ambos os laboratórios empregam pesquisadores que trabalharam com Hwang Woo-suk, homem que já foi ovacionado como herói nacional na Coréia do Sul por seu trabalho com células-tronco embrionárias, mas que caiu em desgraça depois que descobriram que os resultados de sua pesquisa eram fraudulentos.