CEO do Google se diz pronto para avançar em acordo com Yahoo

quarta-feira, 17 de setembro de 2008 21:33 BRT
 

MOUNTAIN VIEW, EUA (Reuters) - O Google planeja ir adiante com o Yahoo na implementação de um acordo de busca de anúncios e acredita que a rival Microsoft esteja por trás de planos para arruinar o negócio, disseram importantes executivos do líder de buscas da Internet na quarta-feira.

O CEO do Google, Eric Schmidt, disse a jornalistas em uma coletiva na sede da companhia, no vale do Silício, nos EUA, que a Microsoft antecipou objeções ao crescente poder da Google no mercado de anúncios e seu impacto na concorrência.

"Temos certeza de que a Microsoft está ocupada ajudando todo mundo a se chatear com essas coisas", afirmou Schmidt ao responder sobre ações antitrust movida por concorrentes junto a reguladores do governo.

Schmidt disse que os reguladores estão fazendo o seu trabalho ao investigar o contrato de sua companhia com o Yahoo. Ele acrescentou que o Google respondeu as questões levantadas pelos reguladores, mas não soube dizer que reação esperar deles.

Ele destacou não acreditar que o Google precisa receber uma aprovação específica do governo para ir adiante com seu contrato para fornecer anúncios que rodariam junto com os resultados do mecanismo de busca do Yahoo.

Schmidt afirmou que o Google está determinado a avançar com o acordo com o Yahoo, como planejado, em outubro.

(Reportagem de Eric Auchard)