União Européia faz novas acusações contra a Intel

quinta-feira, 17 de julho de 2008 16:39 BRT
 

BRUXELAS (Reuters) - As autoridades reguladoras antitruste da União Européia fizeram novas acusações contra a fabricante de chips Intel nesta quinta-feira, afirmando que a empresa pagou a um varejista para se desvencilhar de computadores com processadores fabricados pela rival Advanced Micro Devices .

"Primeiro, a Intel ofereceu descontos substanciais para uma grande rede de varejo européia sobre os computadores pessoais para PCs baseados em chips Intel", afirmou a Comissão Européia em comunicado.

Além disso, a Intel pagou a uma fabricante de computadores para atrasar o lançamento planejado de uma linha de produtos que incorporava uma unidade central de processamento (CPU) baseada em tecnologia AMD. A CPU é o coração de qualquer computador.

A Intel também deu à mesma fabricante de computadores descontos substanciais para encorajá-la a ter todos os CPUs para laptop com tecnologia Intel, segundo o comunicado.

(Reportagem de David Lawsky)