Compra do Yahoo pela Microsoft pode prejudicar Web, diz Google

segunda-feira, 17 de março de 2008 12:16 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - O Google afirmou nesta segunda-feira que está preocupado com o fluxo livre de informações na Internet caso a Microsoft consiga comprar o Yahoo .

No mês passado, a Microsoft fez uma oferta de compra do Yahoo no valor de 44,6 bilhões de dólares, mas o conselho do Yahoo rejeitou a oferta por considerá-la baixa.

"Ficaremos preocupados com qualquer tipo de aquisição do Yahoo pela Microsoft", afirmou o presidente-executivo do Google, Eric Schmidt, a repórteres.

"Esperamos que qualquer coisa a ser feita seja consistente com a abertura da Internet, mas duvido que assim aconteça."

Schmidt apontou para o histórico da Microsoft e para "as coisas que ela tem feito e que têm gerado dificuldades para todos", mas não se estendeu no assunto.

No ano passado, um tribunal europeu apoiou uma decisão de 2004 em que a Microsoft foi considerada culpada de abuso de poder de mercado na área de sistemas operacionais e aplicou uma multa de 497 milhões de euros (695 milhões de dólares) contra a empresa.

"Estamos preocupados de que existam coisas que a Microsoft possa fazer e que sejam ruins para a Internet", apontou Schmidt.

O presidente-executivo da Microsoft, Steve Ballmer, prometeu este mês que sua empresa ganharia mercado contra o Google em anúncios e buscas na Internet, mesmo que isso seja seu "último suspiro" na empresa.

Em uma pesquisa da Reuters com analistas financeiros, a maioria afirmou acreditar que a Microsoft consiga acabar comprando o Yahoo, mas muitos disseram que esta não seria a melhor forma da empresa usar suas grandes reservas de caixa.