Emergentes vão guiar demanda por banda larga móvel, diz Ericsson

quarta-feira, 18 de junho de 2008 16:43 BRT
 

CINGAPURA (Reuters) - A fabricante de equipamentos de telecomunicações Ericsson anunciou nesta quarta-feira que os usuários de serviços de Internet rápida móvel podem crescer de 250 milhões para 2,2 bilhões em cinco anos, impulsionados por expansão exponencial em mercados emergentes.

Torbjorn Possne, vice-presidente sênior de vendas e marketing, disse durante uma entrevista coletiva em Cingapura que o crescimento será impulsionado pelos mercado asiáticos e latino-americanos.

"Mesmo agora, cerca de 50 por cento fora do Leste Europeu e Estados Unidos estão procurando usar banda larga móvel", afirmou. "Minha aposta é de que o crescimento virá dos mercados emergentes".

Possne afirmou que atualmente 350 milhões de assinantes são usuários de banda larga fixa, número que pode dobrar para 700 milhões até 2013.

Ulf Ewaldsson, chefe da divisão de rádio da Ericsson, colocou que a Índia é um exemplo de rápido crescimento para a empresa.

"Na Índia estamos construindo uma estação rádio-base a cada 11 minutos", apontou.

A Ericsson, líder de mercado no segmento de serviços de telecomunicações com cerca de 10 por cento de fatia de mercado, espera ver um crescimento acima dos dois dígitos este ano, segundo Mats Agervi, chefe de vendas e serviços globais de mercado, reiterando previsão anterior.

Ele pontuou que a demanda por serviços profissionais pode ficar acima do crescimento de operadoras de telecomunicações, que domina o mercado com investimento anual de 150 bilhões de dólares.

(Reportagem de Saeed Azhar)