Vendas de games nos EUA crescem 57% em março

sexta-feira, 18 de abril de 2008 11:28 BRT
 

Por Scott Hillis

SEATTLE (Reuters) - As vendas de hardware e software de videogame nos Estados Unidos subiram 57 por cento em março contra o mesmo mês de 2007, segundo dados da indústria apresentados na quinta-feira, uma evidência de que a indústria tem se mostrado imune, até o momento, às turbulências econômicas.

As vendas totais de hardware, software e acessórios somaram 1,7 bilhão de dólares em março, encabeçadas pelo console Wii da Nintendo, que teve seu melhor mês sem feriado da história, segundo pesquisa realizada pela empresa NPD.

"Você nunca saberia que a economia dos Estados Unidos está sob estresse olhando os números de venda da indústria de videogames", afirmou a analista da NPD, Anita Frazier, em comunicado.

Os consumidores norte-americanos compraram 720 mil Wiis, número em parte impulsionado pelo aclamado título "Super Smash Bros. Brawl" da Nintendo, o jogo mais vendido do período, com 2,7 milhão de cópias.

"Acreditamos que 'Smash' tanto dá mais motivo para quem tem um Wii gostar ainda mais dele quanto traz novos usuários para a plataforma", apontou Cammie Dunaway, vice-presidente de marketing da Nintendo of America, em entrevista.

Ela explica que a habilidade da empresa em manter o estoque de Wii está melhorando à medida em que a empresa se prepara para a chegada de dois novos títulos de peso "Mario Kart Wii" este mês e "Wii Fit" em maio.

O Xbox 360 da Microsoft recuperou a posição que havia perdido para PlayStation 3 da Sony depois de dois meses de fracas vendas que a empresa justifica por problemas no abastecimento. Foram vendidos 262 mil unidades do Xbox 360 e 257 mil unidades do PS3.

As vendas do PS3 dobraram em um ano e a Sony afirmou que a chegada de novos jogos como "Gran Turismo 5 Prologue" e "Metal Gear Solid 4", da Konami, podem animar as vendas nos próximos meses.   Continuação...