Lucro da Adobe sobe 21 por cento no 4o trimestre

terça-feira, 18 de dezembro de 2007 10:47 BRST
 

BOSTON (Reuters) - A Adobe registrou no quatro trimestre fiscal um aumento de 21 por cento no lucro líquido, como resultado das fortes vendas de seus softwares de design.

Apesar da empresa, produtora dos programas Photoshop, Flash e Illustrator, tenha apresentado uma previsão para o primeiro trimestre acima das expectativas de Wall Street, investidores estão preocupados que o crescimento das vendas tenha atingido seu limite.

O lucro líquido cresceu para 222 milhões de dólares, ou 0,38 dólar por ação, para o ano fiscal findo em 30 de novembro, contra 183 milhões de dólares no mesmo período do ano anterior.

A receita cresceu 34 por cento para 911 milhões de dólares, impulsionada pelas vendas de programas para edição de fotos, montagem de sites e criação de gráficos.

A empresa afirmou que o panorama pessimista acerca da economia norte-americana não deve afetar a venda de seus programas.

A previsão de receita da Adobe para o primeiro trimestre está entre 855 milhões e 885 milhões de dólares, abaixo do último resultado, mas acima da média das previsões de Wall Street, de acordo com a Reuters Estimates.