18 de Julho de 2008 / às 20:16 / 9 anos atrás

GM e grupo de energia anunciarão aliança para veículos elétricos

Por Kevin Krolicki

DETROIT (Reuters) - A General Motors e uma organização que representa empresas de energia dos Estados Unidos devem anunciar na próxima semana uma aliança para a venda de carros elétricos, afirmaram fontes próximas dos planos nesta sexta-feira.

A GM e o Electric Power Research Institute anunciarão a aliança em um evento em San Jose, na Califórnia, para promover veículos elétricos recarregáveis como o futuro Chevrolet Volt, informaram as fontes.

A aliança deve marcar a segunda parceria de uma grande montadora norte-americana com o EPRI, que conduz pesquisas para a indústria de energia elétrica e representa empresas do setor que geram mais de 90 por cento da energia nos Estados Unidos.

Representantes da GM e da EPRI não comentaram o assunto.

O anúncio será feito em um momento em que a GM prepara-se para revelar a versão para o mercado do veículo totalmente elétrico Volt, o símbolo mais visível da tentativa da montadora de quebrar seu vínculo com veículos que consomem muito combustível, como os que são da marca Hummer, que a GM tenta vender.

A GM está projetando o Volt, que deve entrar em produção em 2010, para percorrer 40 milhas (64 quilômetros) com uma bateria de íon de lítio que pode ser recarregada ao ser ligada em uma tomada comum.

O Volt também poderá capturar energia gerada pelos freios, como um tradicional veículo híbrido. O carro também terá um motor que vai ser acionado para recarregar a bateria em viagens mais longas.

A GM planeja começara a produzir o Volt no final de 2010 em uma fábrica de Detroit e deve demonstrar o design do carro a ser produzido e o nome do fornecedor da bateria nas próximas semanas.

Mas a venda de milhares de veículos elétricos representa questões ainda não resolvidas pelas empresas de energia elétrica.

As montadoras afirmam que a adoção de carros elétricos poderia ser acelerada se as companhias de energia criassem estações de recarga de veículos.

Executivos da indústria automotiva também sugeriram que as empresas de energia poderiam também criar um mercado para reciclagem de baterias de íon de lítio descartadas de veículos elétricos mais antigos.

Essas baterias poderiam ser interligadas para guardar energia para períodos de pico na demanda, criando um mercado secundário que reduziria o custo inical dos veículos elétricos recarregáveis.

Por sua vez, as empresas de energia poderiam faturar receita adicional com consumidores que recorreriam à rede elétrica para recarregar seus carros em vez de utilizarem postos de combustível, afirmam analistas.

A GM, assim como outras montadoras, tem sido criticada por prejudicar um programa anterior de veículos elétricos na Califórnia e um defensor da tecnologia afirmou que a GM percebeu que precisa de aliados agora para ter um produto correto.

“A GM não teve sucesso na comercialização de carros elétricos antes por razões que continuam polêmicas”, disse Felix Kramer, fundador da CalCars, um grupo sem fins lucrativos que promove veículos elétricos. “Desta vez eles perceberam que precisam de parceiros.”

A Ford anunciou sua própria parceria com a EPRI em março.

A segunda maior montadora dos EUA tem trabalhado com a Edison International já há um ano em um estudo conjunto que envolve versões totalmente elétricas do híbrido Escape.

Os planos da GM para o Volt ganharam um impulso nesta sexta-feira, quando o candidato republicano à presidência dos EUA, John McCain, afirmou que americanos que comprarem o veículo poderão receber um crédito de 5.000 dólares em impostos.

Reportagem adicional de David Bailey

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below