Acionista de peso vai apoiar chapa do Yahoo para conselho

sexta-feira, 18 de julho de 2008 13:07 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - O segundo maior acionista institucional do Yahoo, o Legg Mason Capital Management, anunciou nesta sexta-feira que apoiará o conselho da companhia. Isso representa um revés para os esforços do bilionário investidor Carl Icahn de promover a eleição de uma chapa alternativa de conselheiros.

O Legg Mason, que revelou controlar 60,7 milhões de ações do Yahoo, ou 4,4 por cento do total em circulação, instou a companhia e Icahn a resolverem suas diferenças antes da assembléia geral de acionistas marcada para 1o de agosto.

O gerente de portfólio da empresa, Bill Miller, disse à Reuters na semana passada que Icahn teria mais apoio se tivesse prometido não vender o Yahoo por preço inferior a 33 dólares por ação. Ele também instou a Microsoft a revelar publicamente sua oferta.

"Caso a Microsoft deseje adquirir o Yahoo, deve tornar públicos os termos e condições de sua oferta", afirmou o Legg Mason em comunicado. "Caso os acionistas do Yahoo apoiem a idéia, confio que o conselho da empresa aceitaria a proposta."

O Legg Mason vem apoiando os passos do Yahoo desde que a Microsoft apresentou sua oferta de 47,5 bilhões de dólares pelo grupo. "Acreditamos que o atual conselho tenha agido com cuidado e diligência ao avaliar as ofertas da Microsoft", acrescentou o comunicado do Legg Mason. "Acreditamos que o conselho seja independente e tenha como foco a criação de valor para os acionistas no longo prazo."

(Por Kenneth Li)