Google vê aumento no uso da Web em celulares

quarta-feira, 19 de março de 2008 10:05 BRT
 

Por Eric Auchard

SAN FRANCISCO, Estados Unidos (Reuters) - O Google viu uma aceleração do uso da Internet entre os usuários de celulares nos últimos meses, desde que a empresa lançou serviços móveis mais rápidos para modelos específicos de celulares.

Indicações iniciais de acentuada elevação do uso da Internet em celulares, e não apenas em computadores, começaram a emergir de serviços que o Google vem oferecendo nos últimos meses aos celulares Blackberry, aparelhos multimídia da Nokia e ao iPhone, da Apple, anunciou a maior empresa de buscas na Web.

"Chegamos a um momento decisivo no uso da Internet móvel", disse Matt Waddell, gerente de produto do Google Mobile, em entrevista. "Estamos vendo que o uso da Internet móvel está de fato se acelerando."

A crescente disponibilidade de planos a preço fixo de transmissão de dados, de parte das operadoras de telefonia móvel, em lugar das tarifas por minuto que anteriormente desencorajavam o uso da Internet, bem como a melhora dos browsers disponíveis em celulares e a oferta de serviços otimizados por empresas como o Google, vêm estimulando o crescimento, argumentou Waddell.

O Google fez o anúncio ao introduzir um novo aplicativo para download por celulares equipados com o sistema operacional Windows Mobile, da Microsoft . O aplicativo posiciona uma tela de busca do Google de maneira conveniente na tela inicial desses aparelhos.

Versões semelhantes do software de busca que o Google criou para usuários do Blackberry em dezembro e certos modelos Nokia em fevereiro resultaram em aceleração de 40 por cento nas buscas dos usuários na Web, o que por sua vez estimulou o uso.

O software reduz o tempo necessário a buscas no Google em celulares ao eliminar os passos iniciais do processo: encontrar e abrir o browser no telefone, esperar pela conexão com a Internet e digitar o endereço do Google. Com a conveniência oferecida pela área de busca do Google, os usuários de celulares passaram a utilizar mais a Internet, segundo a empresa.