Consultoria vê contração em 2008 no mercado de semicondutores

quinta-feira, 20 de dezembro de 2007 11:00 BRST
 

AMSTERDÃ (Reuters) - O mercado de equipamentos com semicondutores deve se contrair em quase 10 por cento em 2008, principalmente por conta da redução dos gastos das fabricantes de memória de computadores, afirmou a consultoria Gartner em comunicado nesta quinta-feira.

A Gartner prevê gastos de 40,3 bilhões de dólares em equipamentos com chips, abaixo dos 44,8 bilhões de dólares estimados para este ano.

A SEMI, associação do setor que reúne as principais fabricantes de máquinas com microchips, previu neste mês gastos de 41,05 bilhões de dólares em 2008, mas estimou que as vendas de 2007 sejam de 41,7 bilhões de dólares, o que torna a queda menos saliente.

"Esperamos que a correção nos investimentos de capital no mercado de DRAM leve o mercado de equipamentos de capital para uma correção", disse o analista Klaus Rinnen, da Gartner, em referência a um tipo de memória randômica (DRAM) usada em computadores.

"No lado negativo também há outro ano lento na fundição e um clima mais cauteloso de modo geral com os investimentos em meio à maior preocupação com uma recessão nos Estados Unidos."

Os fabricantes de memória flash, usada em tocadores de música e cartões de memória de câmeras digitais e celulares, no entanto, esperam impulsionar ainda mais as vendas, disse a Gartner.

Entre as maiores fabricantes de equipamentos com chips estão a Applied Materials, a ASML e a Tokyo Electron .

Em novembro, a Applied Materials, maior fornecedora de máquinas para a fabricação de microchips, divulgou uma queda de 6 por cento nos lucros e na receita no quarto trimestre fiscal, encerrado em 28 de outubro.

Ela também fez uma previsão de lucros no trimestre atual muito abaixo da expectativa de Wall Street.

(Reportagem de Niclas Mika)