Nokia vê uso maior de Linux em celulares

terça-feira, 20 de maio de 2008 14:02 BRT
 

Por Tarmo Virki

PARIS (Reuters) - A maior fabricante de celulares do mundo, Nokia espera que o papel do sistema operacional Linux em seu portfólio de produtos cresça conforme aumenta a importância dos aparelhos móveis capazes de acesso à Internet.

O Linux até agora teve pouco sucesso em celulares, mas seu papel está aumentando conforme novos modelos equipados com o sistema chegam ao mercado. Além disso, o sistema ganhou voto de confiança do Google, que decidiu utilizá-lo para montar sua plataforma móvel Android.

A própria Nokia tem usado o Linux há anos em seus aparelhos de acesso à Internet. "Vamos expandir a linha e acreditamos que o papel do Linux agora crescerá", informou o porta-voz da Nokia Kari Tuutti.

"Será imensamente importante", afirmou o vice-presidente financeiro da Nokia, Rick Simonson, em conferência com investidores quando perguntado sobre o papel dos dispositivos de acesso à Internet baseados em Linux. Ele afirmou que a companhia está desenvolvendo uma nova geração de produtos baseados em Linux, que estão começando a chegar ao mercado.

O segmento de plataformas de software para celulares é liderado pelo S60 da Nokia, criado com base no sistema operacional Symbian. A plataforma lidera com folga o setor diante do Windows Mobile, da Microsoft.

Entretanto, muitos pesos-pesados da indústria, incluindo Vodafone, Motorola, NTT DoCoMo, Samsung Electronics, Huawei e LG Electronics, têm aderido a alianças focadas em Linux.

 
<p>Rick Simonson da Nokia Oyj fala durante o Reuters Global Technology, Media and Telecom Summit na sede da Thomson Reuters, em Nova York, dia 19 de maio. Maior fabricante de celulares do mundo, a Nokia espera que o papel do sistema operacional Linux em seu portf&oacute;lio de produtos cres&ccedil;a conforme aumenta a import&acirc;ncia dos aparelhos. Photo by Joshua Lott</p>