Claro já tem mais de 100 mil cadastrados para comprar iPhone

terça-feira, 22 de julho de 2008 15:44 BRT
 

Por Taís Fuoco

SÃO PAULO (Reuters) - Em 13 dias e sem nenhum anúncio ao mercado, a Claro acumula uma lista de 100 mil interessados em comprar o iPhone, celular da Apple cuja terceira geração foi lançada no dia 11 de julho nos Estados Unidos.

A operadora de celular brasileira, controlada pela mexicana América Móvil, informou nesta terça-feira que os aparelhos "já chegaram ao Brasil e seguiram para testes e homologações", segundo João Cox, presidente da Claro.

Ele afirmou que não pode, por questões de sigilo de contrato, dizer em que estágio o lançamento do aparelho está no Brasil.

Cox explicou que a legislação brasileira proíbe que se faça qualquer tipo de pré-venda de um modelo que ainda não está disponível. Por isso, a empresa colocou em seu site a opção do usuário manifestar seu interesse, no dia 9 de julho.

O preço com que o modelo vai ser comercializado no país, de acordo com o executivo, "é uma combinação de três coisas: os planos da Apple, os impostos locais e a estratégia comercial da Claro".

Segundo ele, "não faz sentido a Claro antecipar os preços quando outras concorrentes também dizem ter acordo com a Apple".

A Telefónica, por exemplo, que controla 50 por cento do capital da Vivo, também anunciou acordo com a fabricante para a América Latina e a TIM disse estar negociando a vinda do modelo ao Brasil a partir do acerto fechado com sua matriz, na Itália.

A América Móvil foi a primeira a anunciar acordo com a Apple para a região, no mês de junho. O aparelho já está à venda em seu país de origem, o México, mas o balanço da companhia, divulgado na segunda-feira, afirma que ele só chega aos demais países da América Latina "no verão".