France Telecom quer manter exclusividade do iPhone na 3G

quinta-feira, 22 de maio de 2008 13:08 BRT
 

PARIS (Reuters) - A operadora France Telecom vai manter o acordo de exclusividade para vender a nova geração do celular iPhone da Apple na França, disse o vice-presidente financeiro da empresa de telefonia, Gervais Pellissier, à Reuters nesta quinta-feira.

O mercado espera que a Apple lance a terceira geração do popular iPhone no próximo mês, o que vai torná-lo capaz de trafegar dados com mais velocidade que na versão anterior.

"O contrato vai se manter exclusivo na França", Pellissier disse, durante o Reuters Global Technology, Media e Telecom Summit em Paris.

Ele evitou comentar quando o iPhone 3G será lançado naquele mercado e se o controverso modelo de negociação estabelecido entre a Apple e as operadoras na primeira versão do produto -- que previa compartilhamento da receita das operadoras com a Apple -- seria substituído.

Dentro do modelo tradicional de negócios na Europa, as operadoras compram aparelhos junto aos fabricantes e os subsidiam para os clientes que assinam contratos de longo prazo.

A primeira versão do iPhone foi vendida através de acordos nacionais e exclusivos com operadoras em cada país, negócios que incluíram a AT&T, a Telefónica O2 e T-Mobile, operadora da Deutsche Telekom .

O modelo de negócios, entretanto, deve mudar em muitos países quando a nova versão do iPhone for lançada, depois que alguns consumidores e operadoras -- especialmente fora dos Estados Unidos -- se manifestaram contra os termos caros e restritivos do acordo.

A Deutsche Telekom, por exemplo, vendia o iPhone com exclusividade na Áustria, mas na semana passada a Orange, principal marca sob a qual opera a France Telecom, informou que também passaria a vender o celular naquele país.

(Reportagem de Georgina Prodhan)