Casal na China processa metrô por vídeo que foi para Internet

terça-feira, 22 de janeiro de 2008 13:52 BRST
 

PEQUIM (Reuters) - Um irritado casal chinês, filmado aos beijos e abraços numa plataforma do metrô, planeja processar a operadora do metrô depois que este vídeo foi carregado para o YouTube e outros sites, obtendo milhares de acessos.

O vídeo de três minutos do casal, em torno dos 20 anos, foi filmado em setembro e colocado no YouTube e sites de compartilhamento de vídeo na semana passada, afirmou edição de terça-feira do jornal Vhina Daily, citando um jornal local.

Foram mais de 15 mil acessos em dois dias, afirmou. "Uma voz em tom de deboche pode ser ouvida ao fundo do vídeo. Ela deixou o casal extremamente envergonhado", afirmou o jornal.

O casal contratou um advogado no interesse de "todos os passageiros do metrô e trem em Xangai", afirmou o homem que aparece no vídeo, segundo o jornal.

"Agora toda vez que ando numa estação do metrô me sinto desconfortável", disse o homem.

A operadora do metrô, a Shanghai Metro Operation, estava investigando e prometeu "punição severa" se encontrar empregados usando os vídeos de forma inapropriada, segundo o jornal.

As autoridades justificaram a instalação de centenas de milhares de câmeras em circuito fechado de segurança em grandes cidades chinesas como forma de reduzir a criminalidade.

Mas especialistas e acadêmicos jurídicos chineses pediram uma legislação de privacidade mais forte para regular o uso de trechos de vídeo e impôr penalidades sobre seu abuso.

(Reportagem de Ian Ransom)