Torcedores comandam clube de futebol israelense via Internet

terça-feira, 23 de outubro de 2007 11:47 BRST
 

Por Ori Lewis e Kareem Khadder

TEL AVIV (Reuters) - Um empresário israelense decidiu que chegou a hora de dar oportunidade aos torcedores para que eles provem que entendem mais de futebol do que os técnicos.

Moshue Hogeg ficou tão frustrado quando o atacante Lionel Messi foi deixado de fora da seleção argentina para um jogo com a Alemanha na Copa do Mundo do ano passado que ele resolveu comprar um clube no qual os torcedores podem decidir pela Internet quem vai jogar e em qual posição.

"Milhares de torcedores do mundo inteiro queriam ver Messi como titular, mas um homem pensou de outra forma e destruiu todos os nossos sonhos quando eles perderam", disse Hogeg, de 26 anos. "Então nós decidimos fazer alguma coisa sobre isso."

A empresa de Hogeg, a Web2Sport, e seu principal patrocinador, a companhia de jogos online Play65.com, pagaram 500.000 dólares pelos direitos do pequeno Hapoel Kiryat Shalom, da terceira divisão israelense.

Os torcedores podem usar o site oficial da equipe (www.web2sport.com), que está predominantemente em hebraico, para eleger o time titular e dar instruções ao treinador.

"A maioria dos nossos internautas gosta da idéia de que pode decidir o time que jogará: quais serão os titulares, qual formação eles jogarão e quem serão os reservas", disse Hogeg.

Os torcedores da Internet podem escalar os jogadores nas posições disponíveis em um diagrama no site. As informações são depois consolidadas, e os jogadores mais votados são escalados para o jogo seguinte.

Os jogos da divisão do Kiryat Shalim não são televisionados, então Hogeg contratou uma produtora de TV para permitir que os torcedores assistam aos jogos da equipe em tempo real.   Continuação...